domingo, 25 de março de 2012

Soprando Fitas

É o seguinte, tem hora que o jogo pede pra gente abrir mão de algumas coisas! Quando chegamos nesse ponto  é o momento de decisão, que caí sobre o objetivo de nossa jornada. Seria zerar de forma mais rápida superando todos os desafios de formas habilidosas que chegam a assustar? Seria desvendar cada canto ou experiência em busca de todas as moeda, atalhos, bônus e itens? Ou então ponderar as fases chatas com a forma rápida e as legais, jogando, jogando e jogando?

Como eu disse, meu amigo, meu leitor(a), vai de objetivo. Não sei se zerar de forma mais rápida seja uma opção muito interessante para nosso o jogo. É como se tanto trabalho não fosse reconhecido, tanto empenho de terceiros em vazio. O melhor do jogo não é terminá-lo mas curtí-lo no ritmo correto. Terá sim seus desafios que gostaríamos de pular, de chegar logo do outro lado, de levantar a bandeira e ver os jogos explodindo, mas não é bem assim né. 

Por que então não desvendarmos cada canto desse fase também? Tem gente que adora ela, afinal alguém a criou, né não? Imagina que no meio de tanta coisa que você detesta, tenha bônus, itens, atalhos que ajudaram em sua jornada como um todo, ela não ficou um pouquinho mais atraente agora? Basta só você cair pra dentro pra aproveitar.

Mas eu repito, vai de objetivo. Ás vezes, seria melhor se eu nem tivesse começado a jogar. Seria o caso de abrir mão de um jogo todo? O que faz a gente abrir mão é mesmo o chefão? ou o caminho que até ele? 
Se você pensa que abrir mão do objetivo é extremamente mais fácil do que conquistá-lo é onde você se engana. Desistir é decidir por não continuar, é assumir novas condutas, mesmo que seja a de não jogar mais. É nova posição, nem sempre funciona como um on/off ou 0/1. Existe meio acordado e também o 0.5, o 0.25, 0 .125. Também é um novo jogo. 

Quando o jogo chegar no ponto da decisão, reavalie sua missão! Abrir mão é retirar o jogo, abrir a caixa de fitas, olhar, olhar, pegar uma, soprar e voltar a jogar. Às vezes, esse processo leva muito tempo. Ficamos desorientados a procura de um novo jogo, até parece que estamos vivendo.

Um comentário:

  1. Teu blog é ótimo, parabéns!

    Vem conhecer o meu:
    leiakarine.blogspot.com

    ResponderExcluir